Pr Silas Malafaia esclarece, que não tem pretensão de ocupar cargo público
27/06/2011 - 14:52
 
 
No dia da Marcha Para Jesus, que aconteceu dia 21 de junho agora, onde o pastor Silas Malafaia, da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, participou e se manifestou mais uma vez sobre a questão dos homossexuais, conforme reportagem do Jornal Folha de São Paulo, declarou o seguinte: "o STF (Supremo Tribunal Federal) rasgou a Constituição ao permitir a união entre homossexuais e liberar a Marcha da Maconha.
 
"Se governador, prefeito e presidente for contra a família, não vai ter o nosso voto. Se amanhã alguém quiser fazer a marcha a favor da pedofilia, vai pode fazer", disse Malafaia. "Não estamos querendo fundar o Estado evangélico", reiterou.
 
Bastou para que pelas redes sociais, e principalmente no Twitter, fosse lançada sua candidatura a presidência da república, onde até um cartaz simples apareceu na Marcha.
 
Diante disto, o JORNAL EVANGÉLICO, entrou em contato com o Pr. Silas Malafaia, que declarou.
 
Não tenho pretensão alguma de ocupar cargo político. Esse boato surgiu durante a Marcha para Jesus em São Paulo, na última quinta-feira, 23 de junho. No meio da multidão, alguém exibiu um cartaz em que sugeria a minha candidatura para presidente da República. A pessoa que fez isto tem de fazer humor. É uma piada.
 
O pastor que entra na política deixa de atender o todo para ser parte.
 
 
Não esqueça de comentar
 
Pesquise em nosso Acervo
 
Leia também
 
 
Publicidade
 
Em cima da Hora
  Pela primeira vez, TSE manda retirar fake news da internet
O ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Sérgio Banhos determinou hoje (7) que o F
 
  Temer se reúne com presidentes da Assembleia de Deus no Brasil
O presidente Michel Temer, participa da Assembleia Geral Extraordinária da Convenção Nacional das As
 
  Veja fatos que marcaram os dois anos do governo Temer
O presidente Michel Temer reúne nesta terça-feira (15), no Palácio do Planalto, a equipe ministerial
 

 

© 2016 JE - Jornal Evangélico - O Jornal Evangélico é uma publicação Interdenominacional.
Todos os direitos reservados.